25/04/16

Uma vez Mulambo, sempre Mulambo!!!

Quando chamamos o torcedor do flamengo de Mulambo, alguns "intelectualóides" acham que isso é um preconceito, quando na verdade a palavra “Mulambo” significa: Pedaço de Pano Velho, Sujo e Amassado... Porém no Futebol, “Mulambo” é aquele que diz: “Roubado é mais gostoso”, “Quando perdem, dizem que o Campeonato não vale nada”, “Não tem estádio, mas fala mal dos estádios dos outros”, “Quando estão em maioria eles agridem os torcedores adversários” e etc...

Mas o fato ocorrido em Manaus no dia 24/04/2016, fez a palavra “MULAMBO” extrapolar todos os limites do Pano Velho, do Jogador Boca Suja e do Torcedor Covarde... Ontem as Crianças, o time do VASCO e o trio de Arbitragem estavam enfileirados no túnel da Arena Amazônia esperando o flamengo chegar, para juntos entrarem em campo, mas os “MULAMBOS” ignoraram totalmente o protocolo e a desportividade (QUE ELES TANTO EXIGEM DOS OUTROS CLUBES E DA FEDERAÇÃO), faltou caráter, educação e respeito. Passaram pelo túnel correndo, entraram em campo e fincaram uma bandeira do flamengo no centro do gramado, foi uma cena patética, merecem uma punição severa da FERJ, não só para os jogadores, mas para o Diretor de Futebol Rodrigo Caetano e para o Presidente Eduardo Bandeira de Mello que autorizaram essa palhaçada!!!

Se não bastasse essa patifaria, no 1º dia de venda (Terça-feira dia 19/04) vários Vascaínos acordaram na porta da Arena Amadeu Teixeira na Rua Loris Cordovil e nos guichês informavam que as vendas começariam na parte da tarde, porém na parte da manhã alguns flamenguistas postaram nas redes sociais os ingressos comprados, na quarta-feira informaram para os Vascaínos que não tinham mais ingressos, no Amazonas Shopping (Lojas Granada Beach) 1 flamenguista podia comprar 5, 10, 15 ingressos, enquanto o Vascaíno só podiam comprar 1, a venda online foi ainda pior (site: meubilhete.com) quando o VASCAÍNO ia pagar com o cartão de crédito o sistema não aceitava, o mesmo sistema não teve problema nenhuma para vender aos rubro-negros... A bagunça foi tanta, que o PROCON de Manaus exigiu que colocassem uma carga extra de 3,6mil ingressos para os VASCAÍNOS no sábado, foi formada uma fila, mas cadê os ingressos???

Resultado, na parte frontal das Câmeras de TV onde deveria ser meio a meio, sem a menor necessidade eles avançaram quase 10 metros com total conivência da PM, essa mesma PM antes de começar o jogo, estranhamente deixou a curva próximo da torcida do VASCO atrás do gol vazia e durante o jogo foram preenchendo apenas com torcedores do flamengo num setor que deveria pertencer à torcida do VASCO, na parte oposta das Câmeras de TV onde deveria ser um setor misto, praticamente foi ocupado apenas por uma torcida, já que durante a semana inteira os organizadores do evento fizeram de tudo contra os VASCAÍNOS!!!

Graças a Deus, dentro de campo o time do VASCO deu a resposta, mas que sirva de lição para a atual Diretoria e para o futuro Presidente do clube, quando for vender o mando de campo, principalmente contra o flamengo, corinthians e são paulo a prioridade na compra dos ingressos tem que ser dos VASCAÍNOS, a parte central do estádio tem que ser ocupado pela torcida do VASCO, não pode fazer o que fizeram em 2013 VASCO x corinthians em Brasília sem a menor segurança, 2014 VASCO x são paulo em Brasília a torcida do VASCO ficou escondida atrás dos gols e a do visitante ocupou com faixas e bandeiras a parte central... Não pode apenas colocar o dinheiro no bolso e deixar o torcedor local do VASCO abandonado, se sentindo visitante num jogo que o VASCO DA GAMA deveria ser o MANDANTE!!!